sábado, 16 de junho de 2018

Campanha contra a gripe prossegue até dia 22 em Sorocaba e Votorantim

Jornal Cruzeiro do Sul
Ana Cláudia Martins

A vacinação nas crianças com menos de 5 anos ficou bem abaixo da meta - FÁBIO ROGÉRIO / ARQUIVO JCS (2/5/2018)

A campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada em Sorocaba e em Votorantim por mais uma semana e segue até o próximo dia 22 nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) das duas cidades. Em Sorocaba, a partir do dia 25, conforme disponibilidade da vacina, poderão ser vacinadas crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59 anos. Na cidade, a meta foi alcançada entre os professores de escolas públicas e privadas (96,35%) e o grupo dos idosos, que atingiu alcance de 90,42%. Segundo o último balanço divulgado pela Prefeitura de Sorocaba, até a última quarta-feira 129.475 pessoas foram imunizadas. Já entre os grupos prioritários que têm população estimada e meta de cobertura vacinal, o total foi de 102.634 imunizados, o que representa 78,56% de cobertura atingida. A população estimada a ser vacinada dos grupos em Sorocaba é de 126.588 pessoas, com meta de 90%.

De acordo com dados da Prefeitura, no caso do grupo de professores de escolas públicas e privadas, a população estimada era de 4.057 e 96,35% receberam a vacina, ou seja, 3.909 professores imunizados na cidade. A população estimada para o grupo de idosos era de 65.906 e foram vacinados 59.591, o que representa 90,42%. Dessa forma, Sorocaba acabou superando a meta de 90% desses dois grupos. Já entre as crianças entre 6 meses e 4 anos e 11 meses foram vacinadas somente 19.119, o que representa 54,03%. Entre os trabalhadores de saúde o total chegou a 15.151, ou 86,62%, e as gestantes totalizaram 3.996, ou 59,64%.

Para os demais grupos, segundo a SES, não existe meta estimada e até o momento foram vacinados 992 funcionários do sistema prisional, 3.623 da população privada de liberdade, e 22.226 de portadores de doenças crônicas.

Segundo a Secretaria da Saúde (SES), os grupos prioritários que ainda devem ser vacinados são: trabalhadores da saúde, pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos e 11 meses, gestantes, puérperas, portadores de comorbidades, professores de escolas públicas e privadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, além de indígenas. A vacina é oferecida nas 32 UBSs da cidade, de segunda a sexta-feira, durante o horário de funcionamento.

Meta é atingida só entre idosos em Votorantim

Em Votorantim, todas as UBSs irão aplicar as doses da vacina contra gripe até o dia 22, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. Dos grupos prioritários, somente o de idosos, pessoas com 60 anos ou mais, atingiu a meta e imunizou até ontem 9.988 pessoas, ou seja, 93,76% do público-alvo.

O secretário de Saúde do município, Júnior Silveira, reforça a necessidade de as pessoas, principalmente as crianças, procurarem as unidades para receber a dose da vacina. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é de que o município vacine 90% de cada grupo prioritário.

Na cidade, podem receber as doses as pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da área da saúde, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com comorbidades (doenças crônicas) e professores, além de indígenas.

Desde o início da campanha, ocorrida no dia 23 de abril, Votorantim aplicou cerca mais de 20 mil doses.

De acordo com a Secretaria da Saúde, a vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ouça a Rádio Cultura Votorantim