segunda-feira, 4 de junho de 2018

Parque fechado após morte de mais de 30 macacos é reaberto nesta terça-feira

Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Dos primatas mortos, sete deles os laudos apontaram como causa o vírus da febre amarela. Área para os visitantes foi ampliada no Parque do Matão, em Votorantim.

Parque do Matão será reaberto ao público nesta terça-feira (Foto: Prefeitura de Votorantim/Divulgação)

Fechado aos visitantes desde o dia 2 de janeiro, o Parque do Matão “Jonas Domingues” em Votorantim (SP) será reaberto nesta terça-feira (5), às 14h, data em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. O parque voltará a receber seus visitantes de segunda-feira a domingo, das 8h às 17h.

O local ficou com os portões fechados devido as mortes de 31 macacos bugios, sendo a última constatada no dia 25 de fevereiro.

Dos macacos mortos, sete deles os laudos do Instituto Adolfo Lutz apontaram como causa o vírus da febre amarela.

A Secretaria da Saúde informou que cumpriu todos os protocolos exigidos pelo Ministério da Saúde e o critério utilizado para a reabertura do espaço é o período de incubação do mosquito transmissor da febre amarela (sabethes e haemagogus).

Enquanto esteve fechado, o parque passou por uma ampliação do espaço de visitação e novas trilhas.

Situado numa área de aproximadamente 63 mil metros quadrados, o parque conta com trilhas de caminhos abertos em meio à mata. O Parque do Matão, fica na rua Ângelo Delapasi, 117, no Parque Bela Vista e voltará a funcionar de segunda a segunda, das 8h às 17h. A entrada é gratuita.

Vacinação
A vacina contra febre amarela continua sendo aplicada nas Unidades Básicas de Saúde em Votorantim.

De acordo com a Secretaria de Saúde da cidade, já foram distribuídas 56.582 doses, o que representa 50,94% da população imunizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ouça a Rádio Cultura Votorantim